AGENDA

CULTOS SEMANAIS

Terça-Feira
Culto da Vitória - 19:00Hs

Quarta-Feria
Culto do Círculo de Oração - 19:00Hs

Quinta-Feria
Culto do Departamento Infantil- 19:00Hs

Sexta-Feira
Culto de Oração e Ensino - 19:00Hs

Sábado
Culto da Rede Jovem - 19:00Hs

Domingo
Escola Bíblica Dominical - 08:00Hs
Culto da Família - 19:00Hs

TESTEMUNHO

Exemplo de Vida – Andressa Duarte [Sinta-se Útil]
Confira o vídeos do testemunho! [+]

As bênçãos que sustentam o casamento – Parte 6
Fonte: AD. Seta Marab� - 08/07/2014 - 09h35min
As bênçãos que sustentam o casamento – Parte 6
(Foto: )

(Continuação)

3. Gentileza gera gentileza

Três coisas agradam a todo o mundo: gentileza, frugalidade e humildade.

Pois os gentis podem ser corajosos, os frugais podem ser liberais e os

humildes podem ser condutores de homens.

José Datrino, o Profeta Gentileza

Precisamos nos prender à Bíblia e descobrir o que ela ensina sobre a nossa luta diária. E eu pergunto: “Sabe o que a Bíblia diz em Provérbios?”. Ela diz que menosprezar o pai é um ato altamente “amaldiçoante”. O texto diz assim: “Os olhos que zombam do pai ou desprezam a obediência à mãe serão arrancados pelos corvos do vale e devorados pelos filhotes da águia” (Provérbios 30.17). Misericórdia!

Você tem levado a sério a bênção dos pais sobre a sua vida?

Eu nunca me esqueço da história de uma menina que não tinha mais do que quatorze anos de idade e ela se apaixonou por um rapaz que tinha vinte e dois anos, se não me falha a memória. E o rapaz também se apaixonou por ela. Ambos, então, conversaram e combinaram o seguinte: “Os nossos pais, aceitando ou não o nosso namoro” – ele disse para ela – “os teus pais aceitando ou não, nós temos o direito de sermos felizes”.

Então eles fizeram um plano para “blindar” aquela suposta felicidade que queriam só para eles, uma felicidade egoísta, para dizer o mínimo. No seu plano, eles combinaram que em um dia determinado, às três horas da manhã, ele iria até a casa dela, ela pularia a janela e fugiria com ele. Essa história é real, embora se pareça bastante com alguns contos de fada. E é tão real que eu recebi o pai dessa moça na minha casa, ele um pastor. Esse pai sentou-se diante de mim, na sala de minha casa, chorando e dizendo o seguinte:

“Pastor Josué, minha filha sumiu. Eu já coloquei a fotografia dela na rodoviária, onde há muita circulação de gente; nos Correios, nos pontos de ônibus, nos supermercados. Já anunciei na televisão e no rádio. Minha filha desapareceu. O rapaz a raptou, ele a sequestrou”.

Esse pai chorava muito diante de mim. E como ele já havia tomado diversas medidas para localizar a sua filha, inclusive já tinha ido a Polícia, aos hospitais, ao IML, e não tinha uma pista ou uma resposta, aos poucos as ações e as esperanças foram se esgotando. Evidentemente que as esperanças de um pai e de uma mãe jamais acabam. Não há um pai ou uma mãe, em sã consciência, que desistam de seus filhos, não há.

O desenrolar da história aguardava surpresas e depois de um ano a surpresa veio: a moça reapareceu.

Quer saber como ela estava? Eu digo. Ela estava destruída, estava desfigurada. Ela foi estuprada, foi violentada. E não pergunte por que Deus não a livrou, mas preste atenção ao que eu vou dizer a você: Deus não tem compromisso com gente que quebra um princípio de autoridade e se rebela contra seus próprios pais. Deus não tem compromisso com gente assim.

O modo como você trata os teus pais determina o modo como Deus irá tratar com você. Isso é um princípio de Deus e o primeiro a respeitá-lo é o próprio Senhor. Não poderia ser diferente. Ele nos ensina e Ele também cumpre os princípios que cria.

Gosto muito de uma frase que ficou popularizada por um senhor no Rio de Janeiro. Ele foi um grande empresário do ramo circense, ele teve um famoso circo chamado Gran Circus Norte-Americano, em Niterói-RJ. Conta a história que um de seus ex-funcionários ateou fogo no circo, numa noite de apresentações quando havia centenas de pessoas para ver as atrações que eram apresentadas. O fogo se alastrou, matando mais de 500 pessoas, a maioria delas crianças. Falido e desacreditado, José Datrino passou a pregar uma mensagem de amor e paz entre os homens, ficando conhecido no Rio de Janeiro, no Brasil e no mundo afora como o Profeta Gentileza. Sua mensagem era simples, mas era certeira: “Gentileza gera gentileza”. Com suas limitações naturais, isso reflete a mensagem que lemos nas Escrituras. O modo como você trata os teus pais determina o modo como Deus irá tratar você. Seja gentil com seus pais.

O modo como você leva a sério os seus pais é determinante sobre o modo como Deus levará você a sério. Isso é um fluxo, passa de geração a geração e todos nós fomos gerados por Deus. Leia o que diz o Salmo 139.13 sobre Deus nos ter gerado no ventre de nossas mães: “Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no ventre de minha mãe”. E também o Salmo 94.9 falando a respeito do próprio Deus: “Por acaso aquele que fez o ouvido não ouvirá? Ou aquele que formou o olho não verá?”. E finalmente Provérbios 23.22, um grande e sábio conselho: “Ouve teu pai, que te gerou, e não desprezes tua mãe, quando ela envelhecer”.

É um fluxo, flui de Deus para nossos pais – inclusive o meu– e dos nossos pais para nós e fluirá de você para seus filhos. Aliás, essa pedagogia divina é aplicada a muitas outras áreas de nossas vidas. Veja, por exemplo, quando Jesus falou sobre o perdão. Ele ensinou que devemos orar e em nossas orações devemos perdoar a quem nos deve algo: “… e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como também temos perdoado aos nossos devedores” (Mateus 6.12). Deus nos perdoa “assim como” nós perdoamos. É uma consequência, você dá e recebe na mesma medida. Ou veja quando Jesus falou sobre buscarmos a perfeição de Deus: “Sede, pois, perfeitos, assim como perfeito é o vosso Pai celestial” (Mateus 5.48). Novamente aparece a expressão condicionante “assim como”. O que significa “assim como”? Significa na mesma medida, com a mesma intensidade, na mesma proporção.

Um conhecido meu, hoje um pastor e escritor, conta que antes da sua conversão ele foi dependente químico. Ele usava maconha, cocaína, cheirava cola de sapateiro, mas um dia Jesus o libertou de uma só vez, um verdadeiro milagre, e não foi preciso sequer ficar internado em um centro de recuperação de dependentes. Esse pastor conta que nos tempos quando ele usava drogas, quando fazia isso na rua durante as noites e as madrugadas, ao avistarem um carro da polícia, o famoso camburão, eles imediatamente jogavam fora a droga que estivessem usando, pois temiam o que a polícia poderia fazer a eles se fossem pegos usando drogas.

Embora tivesse recebido boa educação de seus pais e tivesse estudado em boas escolas, ele não conseguiu resistir e rejeitar as ofertas para entrar nesse mundo. Mas ele conta que as lições sobre o respeito a uma hierarquia – o que estou chamando neste artigo de “mecanismo” – sempre ficaram bem claro na cabeça dele. E a hierarquia que ele “enxergava” em sua mente nos tempos de escola era:

Deus > seus pais > a diretora da escola > os professores > os monitores de alunos > ele

Quando estivesse na rua, a hierarquia era:

Deus > seus pais > a polícia > ele

No trabalho a hierarquia era:

Deus > seus pais > o dono da empresa > o diretor da empresa > o gerente do departamento > o chefe imediato > ele

Mas nos anos recentes, agora no nosso tempo, muitas famílias deixaram de se voltar para Deus. A religião foi colocada em terceiro, quarto plano, isso quando não foi definitivamente abandonada. Jesus tem sido escarnecido, desacreditado. Um sujeito postou recentemente no Tweeter: “Eu nunca vou forçar meu filho a ter a minha religião. Na hora certa vou explicar as diferenças e aí ele poderá escolher entre Marvel ou DC Comics”.

Veja que estupidez a desse pai. Mas essa é a causa que provoca o seguinte efeito: o número de “hóspedes” na Fundação CASA aumenta a cada ano e há uma intensa mobilização para que se diminua a idade penal de dezoito para dezesseis anos. Por quê? Porque os pais já não ensinam sobre Deus e os filhos não aprendem em suas casas sobre como o mundo de Deus funciona dentro de Seus princípios, que se forem quebrados – e têm sido – irão provocar resultados e efeitos negativos, prejuízos a eles mesmos. “Assim como” não obedecem a Deus, “assim como” não obedecem aos pais, colhem os efeitos negativos dessa quebra de princípios.

O modo como você responde a seus pais orientará o modo como Deus irá responder a você. Isso pode parecer bastante estranho a princípio, porque dá a impressão de que estamos fazendo um Deus a nossa imagem e semelhança. Mas isso é só uma impressão defeituosa, pois a Bíblia, que é a Palavra de Deus, está ensinando o mecanismo de funcionamento das coisas no plano de Deus. E as coisas no plano de Deus têm ordem, lógica, coerência e equilíbrio, por isso funcionam tão bem quando são executadas do modo como Deus aconselha a cada um de nós.

Mas as coisas não têm um só lado, uma só versão. Se do lado de Deus tudo irá funcionar bem e corretamente se seguirmos os seus princípios infalíveis, há o outro lado da história, o lado que envolve a participação ou a “atrapalhação” humana. Primeiro, porque nós mesmos somos falhos, algumas vezes impacientes, desmotivados e por sermos pecadores, temos uma falta de habilidade inata. E há também o fato de que nos planos de Deus os nossos pais estão incluídos, e alguém poderá dizer: “Ah, pastor, mas o meu pai é complicado”. Sim, posso imaginar o quanto! Mas mesmo assim a Bíblia diz para honrá-lo, ser generoso e gentil com ele. “Ah, pastor, mas o meu pai é agressivo”. Isso é muito triste e de fato não desejamos isso a ninguém. O nosso país tem leis que foram feitas para proteger crianças e adolescentes, bem como jovens adultos e mulheres (além dos homens adultos) de agressões físicas e assédio moral e sexual. Mesmo se o seu problema seja caso de polícia (e desejo sinceramente que não seja), a Bíblia, ainda assim, diz para honrar pai e mãe.

Outro solteiro dirá: “Ah, pastor, mas o meu pai abandonou a minha mãe”. Isso é uma questão a ser resolvida entre eles. Quanto a você, a Bíblia diz para honrá-los.

Há muitos casos que poderiam ser colocados aqui, muitos “Ah, pastor, mas isso… mas aquilo”. Deus, em sua Palavra, não diz “honra a tua mãe se ela é uma mãe nota 10” ou “honra a teu pai se ele for perfeito”, “se eles patrocinam os seus gostos e suas aventuras”. Não, a Bíblia não coloca condições nem restrições, apenas dá a orientação como princípio a ser seguido. A Bíblia diz apenas honra teu pai e tua mãe, porque se você honrar, Eu vou honrar você – é o que está subentendido na Palavra de Deus.

Solteiros inteligentes saberão ver nessas palavras um excelente conselho a ser seguido.

 

 

 
Compartilhar
Comentários
Nome Campo Obrigatório.
E-mail Campo obrigatório.
Comentário Campo Obrigatório.
   
1
Endereço:

Sede Administrativa
Rua E,quadra Sul 11, KM 7
Cep 68.500-000 - Nova Marabá | Marabá - PA
Contato

Pr. José Vicente
(94)*3222-3888
Aconselhamento e Orações
(94)*3322-4791
email: contato@adsetamaraba.com.br
Redes Sociais:

2011 - © Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por InovaSite